O que é Polymer Clay?

O QUE É POLYMER CLAY ?

 

Polymer Clay é o termo em inglês para argila plástica polimérica. É basicamente um material de modelagem macio e maleável, composto de partículas de PVC (Polyvinyl Chloride), que quando aquecidas em baixa temperatura e por um determinado tempo, se fundem e resultam em um plástico duro, resistente e durável.

ONDE UTILIZÁ-LO

Sua versatilidade e variedade de cores permitem a confecção de centenas de peças artesanais: modelagem de bonecos, modelagem para stop motion, imitação em publicidade, esculturas, moldes de produtos, ímãs de geladeira, brinquedos, objetos de decoração, bijuterias, jóias, trabalhos em telas, transferência de imagens, entre outras.

COMO TRABALHAR COM POLYMER CLAY

O polymer clay pode ser moldado, esculpido, fatiado, ralado, furado, pintado, colado, lixado, envernizado, estampado, texturizado e revestido com pós coloridos. Pode simular efeito de madeira, pedras e metais.

AMACIAR

Independente do tipo, a massa deve ser amaciada antes do uso. Amaciar significa preparar a união das moléculas do polymer clay. Isto permite que a massa se torne maleável e elástica.

QUEIMA

O segredo da queima é uma combinação entre tempo e temperatura corretos. Para que o processo químico se complete, o polymer clay deve ser queimado A queima se dá a uma temperatura baixa (130ºC ou 275ºF), não sendo necessário um forno especial (tostador elétrico) por no mínimo 15 minutos. Cada tipo de massa e espessura de trabalho tem um tempo de queima diferente. Durante a queima, a temperatura provoca mudanças químicas, tornando-o duro e resistente. Se o tempo ou a temperatura for inferior a peça se torna frágil e quebradiça.

Importante: Nunca utilize o microondas. Além dele queimar totalmente a peça pode danificar seu microondas.

Alguns fornos a gás tendem a ter variações de temperatura. Procure sempre ter um termômetro para calibrar a queima.

 

DIFERENÇAS: BISCUIT E POLYMER CLAY

Não tem muito o que discutir nesse quesito. O biscuit nada mais é que uma massa PVC de secagem ao ar livre.

O biscuit nada mais é que uma massa PVC de secagem ao ar livre. Ela é mais barata, mas por trabalhar muito (se o tempo estiver úmido ela não seca, se estiver seco ela racha) ela acaba tendo alguns defeitos na criação das peças, não permitindo um super detalhamento. O biscuit tem a desvantagem de ter suas cores modificadas (mais claras ou escuras) conforme vai curando.

Já o Polymer Clay tem a obrigatoriedade da queima em forno. Ele não trabalha conforme o tempo, e se existem defeitos posteriores na peça é devido a queima errada (temperatura muito alta ou muito tempo de exposição). Ele não muda o formato, tamanho e nem as cores. Tem maior resistência que o biscuit também, mas é bem mais caro. No Brasil, um bloco está saindo em média R$6,00 por 56 gramas por cor, enquanto o biscuit sai em média por 17 reais com 5 cores (400g na Kalunga).

Marcas de Polymer Clay no mercado

ORIGINAL SCULPEY
Cores: branca e terracota
Uso: modelagem em geral

Vem em blocos maiores (de até 1KG) para modelagens de esculturas grandes, action figures, etc.

SUPER SCULPEY
Cor: semi translucido, bege (próximo ao tom de pele)
Uso: modelagem de animais e seres humanos, protótipos, stop motion, esculturas

Vem em blocos maiores (de até 1KG) para modelagens de esculturas grandes, action figures, etc.

SUPER SCULPEY FIRM
Cor: cinza
Uso: modelagem de peças que necessitem ter mais resistência e detalhes, normalmente usados para criação base e posterior reprodução via moldes de silicone. Também usado muito para esculturas que são pintadas posteriormente.

LIVING DOLL
Cores: bege, marrom, pele
Uso: modelagem de bonecos

SCULPEY III – Uma das minhas favoritas
Cores: 44 cores
Uso: macio e de fácil uso para crianças

PREMO – Uma das minhas favoritas
Cores: 24 cores
Uso: maior resistência, flexibilidade e durabilidade.

PREMO ACCENTS – Uma das minhas favoritas
Cores: 24 cores artísticas, incluindo os metálicos
Uso: ideal para bijuterias e jóias

LIQUID SCULPEY – Uma das minhas favoritas
Cor: translucido, podem ser tingido com pigmentos ou tinta óleo
Uso: transferência de imagem, tinta, verniz, como esmalte

GRANITEX
Cores: cores
Uso: efeitos especiais de textura

ULTRALIGHT
Cores: branco
Uso: macio, flutua na água, trabalhos sobre papel, armaduras.

MOLD MAKER
Cor: crú
Uso: para criação de moldes flexíveis

Eu tenho, mas ele não é muito bom pra criar moldes para séries em grande quantidade. Prefiro usar pra criar ferramentas e bases de trabalho.

ERASER CLAY

Cores: 8 cores
Uso:após a queima funciona como uma borracha

GLOW IN THE DARK

Cores:6 cores
Uso: peças que brilham no escuro

Eu tenho e elas são ótimas, brilham mesmo no escuro e dão acabamentos legais.

BAKE & BEND
Cores: 8 cores

Uso: após a queima fica maleável, podem ser tricotada.

PLUFFY
Cores: 16 cores, incluindo as fosforescentes (Glow in the dark)
Uso: após a queima o material flutua

FIMO Staedler

É uma massa mais rígida do que a Sculpey, não recomendada para crianças usarem. Eu a acho mais oleosa do que a Sculpey e difícil de amassar, as que comprei até hoje, mesmo dentro do prazo de validade, sempre esfarinharam na minha mão.

Aqui no Brasil temos a PVClay. Não usei mas dizem ter a qualidade da Sculpey.

 

Fontes:

Texto via Polymer Clay Brasil com algumas notas minhas.

Fonte da imagem

 


O que você achou?

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: